Seu Trabalho

Dá pra chegar a altos cargos mesmo sendo tímida?

Monique Evelle, consultora de inovação, retruca a pergunta: mas será que é timidez mesmo?

Seu Trabalho / Pergunta Pra Chefa Por:
2 minutos

“Sou muito tímida e tenho receio de que isso atrapalhe minha carreira. Tenho que mudar?” – G.S., analista de planejamento

Resposta de Monique Evelle*

Monique Evelle é fundadora da Inventivos – plataforma de formação de empreendedores –, do Desabafo Social e reconhecida pela Forbes entre os “30 under 30”. Durante algum tempo, ela achou que era tímida, mas se lembra do momento em que percebeu que não era bem isso: “Aos quinze anos, entendi que eu não era tímida, mas sim que tinha sido silenciada pelo racismo e pelo machismo. Eu era convidada para ser líder de turma e desempenhava bem, então não tinha relação com essa questão”, conta. Por isso, ela afirma que é importante diferenciar o que é timidez de outros fatores. Depois disso, Monique achou uma palavra que combina muito mais com o que ela é: “Hoje, me considero uma pessoa reservada”. 

+ Veja também: Dá pra tocar maternidade, carreira e culpa, tudo ao mesmo tempo?
+ Veja também:
Como encaixar exercícios numa rotina louca de trabalho?

Dentro do seu círculo, Monique trabalha diretamente com pessoas tímidas que são profissionais excelentes. “Ser tímido não atrapalha nos negócios. Meu sócio é super tímido e a gente se equilibra bem. A timidez não tem nada a ver com aquilo que você entrega pro mundo, na sua carreira e nos lugares por onde você passa.” 

“É bom estar cercado de pessoas que entendam que tudo bem ser diferente, porque a diferença é o que nos une”

Ela frisa que é importante se conhecer e, claro, se cercar de gente que entende seu jeitinho. “Não existe antídoto para combater a timidez, mas é bom estar cercado de pessoas que entendam que tudo bem ser diferente, porque a diferença é o que nos une”.  Fora isso, são os pares que nos apoiam quando batemos no nosso limite. “Se você é uma pessoa que tem dificuldade de falar em público, seu colega pode fazer isso na sua jornada profissional”. Sabe aquela história de que “juntos somos mais fortes”? Pois então! 

Para finalizar, ela joga luz na realidade e diz que brigar contra o que somos nunca é o melhor caminho. Lutar contra a timidez pode ser uma batalha perdida. “Sua timidez não afeta suas entregas e nem significa que você é ruim no que faz”. Aliás, pode ser bem ao contrário e, ali do seu cantinho, você pode surpreender com um trabalho primoroso. Há espaço pra tudo mundo, e é isso que importa. 

* Monique Evelle é fundadora da Inventivos, plataforma de formação de empreendedores, foi reconhecida pela Forbes como 30 under 30, Linkedin Top Voices, está entre os 50 profissionais mais criativos do Brasil pela Revista Wired e é autora do livro “Empreendedorismo Feminino: Olhar estratégico sem romantismo”.

Veja também