Nosso Mundo

5 plantas para perfumar a casa

Perfumar a casa com plantas pode deixar o ambiente mais acolhedor e, de quebra, operar maravilhas no nosso bem-estar: aromas têm efeito direto no nosso sistema nervoso central, favorecem a concentração, reduzem o estresse, a insônia e combater o mau-humor

Nosso Mundo Por:
5 minutos

Muita gente pensa que decoração é uma coisa para ser vista ou, no máximo, para ser funcional, mas decorar tem a ver com criar espaços para que as pessoas se sintam bem, e isso, claro, não vem só com visual. Uma casa bacana precisa estimular todos os nossos sentidos. E a natureza é mestra em nos ajudar nisso. Quando falamos em trazer o verde pra dentro não devemos pensar apenas no que vemos, mas também nos perfumes (naturais) que sentimos.  

Os incensos e aromatizadores que me desculpem, mas perfumar a casa com aromas direto da fonte deixam o ambiente muito mais acolhedor e agradável. E mais do que isso: as plantas perfumadas operam maravilhas no nosso bem-estar, seus aromas têm efeito direto no nosso sistema nervoso central e são capazes de estimular reações benéficas como favorecer a concentração, reduzir o estresse, a insônia e combater o mau-humor. Além, é claro, de serem responsáveis por carregar memórias afetivas por décadas. Não à toa trago aqui duas dicas que vêm lá da casa da minha avó!

E antes de apresentar meu top 5, vale dizer que muitas dessas plantas perfumadas liberam seus perfumes quando são tocadas ou balançadas pelo vento, portanto não se avexe. Desfrute!

Eucalipto cinerea

Esse eucalipto de folhas arredondadas inaugura a minha lista justamente por constituir uma das minhas memórias olfativas (e afetivas) mais queridas. Minha vó costumava ter largos vasos cheios dessa folhagem e o perfume da casa dela era bom demais. Inesquecível. Eu confesso que nunca tive um vaso plantado com eucaliptos, mas fiz desse hábito da minha avó uma tradição e encho minha casa com essa folhagem que tem um perfume fresco e um visual pra lá de elegante. Cuido sempre para aparar as pontas dos galhos antes de colocá-los nos vasos e de acrescentar água a cada dois dias pra não secar, porque essas bichinhas são sedentas.

+ Leia mais: Dona Jacira: “Eu sou uma fagulha de esperança”
+ Leia mais: Aromaterapia: os benefícios dos óleos essenciais

Limoeiro

Você sabia que é super fácil tranformar um limão em muitos mini-limoeiros? É só guardar as sementes e seguir os mesmos passos que fazemos pra germinar um feijão. Fiz isso uns anos atrás e consegui vingar cinco plantinhas. A que ficou aqui comigo, continua em um vaso dentro de casa é o ser vivo mais alto da nossa família! O limoeiro pode ser a arvorezinha que faltava pra dar um ar de quintal à sua cozinha ou varanda. De quebra, você ainda sente o perfume fresco do limão quando vem a florada. Em troca, você precisa dar água umas duas vezes por semana, e deixar que o sol encontre com ele de preferência pela manhã. Ah, importante: o tamanho do vaso vai ditar o tamanho da planta.

Gerânios perfumados

Essa plantinha de flores pequenas e folhas perfumadas dão um charme campestre e romântico na decoração. Fáceis de cuidar, dentro ou fora de casa, em vasos ou no jardim, os gerânios perfumados gostam de sol, água, e terra com boa drenagem. O perfume dessa planta é tão especial que as suas variedades são classificadas justamente de acordo com ele: menta, noz- moscada, amêndoas, cítricos e chocolate – sim, chocolate! O melhor de tudo: as folhas são comestíveis e podem ser usadas pra aromatizar chás, geléias, bolos, ou o que mais te der na telha. Em tempo, uma informação técnica que pode evitar confusão: eles não são gerânios verdadeiros, mas membros do gênero Pelargonium!

Alecrim

Ele não é lindo de morrer, nem delicado, nem raro, mas é de uma simplicidade altiva e bela e de um perfume acachapante. Eu adoro decorar uma mesa bem posta com raminhos de alecrim sobre os guardanapos. Fica um charme e depois do jantar, é batata, os amigos ficam em volta da mesa papeando e inalando aquele perfume refrescante. Os estudiosos dizem que o alecrim favorece a concentração, os espiritualizados, que protege a casa e afasta as energias ruins, e os gourmands garantem que não tem tempero melhor num ragu ou num lombinho de porco. Ou seja, não faltam motivos pra ter um alecrim perfumando a casa. Pode ser na terra ou num vaso, ele gosta de sol e brisa e não precisa de muita água pra ser feliz.

Lavandas

Eu sei que estou chovendo no molhado, mas não dá pra não falar de lavanda se o assunto é “plantas perfumadas”. Não tem perfume mais clássico que esse e a gente bem sabe que alguns clichês precisam ser cultivados. Além disso, não é à toa que a lavanda é a queridinha da aromaterapia: os estudos mostram efeitos positivos contra ansiedade, depressão e insônia. Você pode ter lavanda em vaso, direto no solo, ou um buquê num jarro com água. Se ela estiver na terra, cuide para que seja terra bem misturada com areia e não regue muito nem use fertilizante, a lavanda gosta de solo rústico e bastante sol. Por fim, não posso deixar de dizer que a minha paixão por esse aroma também vem da casa da minha vó! Ela usava sachês de lavanda natural dentro da rouparia e era um luxo só.

Veja também