Suas Emoções

Ansiedade Climática: “Por minha causa, muita gente está hesitante em ter filhos”

Ela é inexistente para os negacionistas, mas tira o sono de milhares de pessoas. Apesar de ser fonte de stress, nossa entrevistada só quer salvar o mundo urgentemente

Suas Emoções / Palavra-chave Por:
Ilustração:
2 minutos

Nome:
Ansiedade Climática, ou Eco-ansiedade. Só não esqueça de An-si-e-da-de. Desculpe minhas mãos suadas.

Idade: 
Sou novinha.

Novinha quanto? Alguns dizem que você é típica da Geração Z.
Minhas raízes são millenials, que já têm acumulado ansiedades de outras fontes. Formamos uma geração que se fortalece nesse rolê das doenças psíquicas crônicas, com a Depressão e o Burnout, saca? Mas sim, ganhei força e intensidade mesmo com toda a galera da Greta e tal. Eles têm contribuído muito para a minha trajetória como grande tendência desse século. 

Grande tendência? Não é um pouco de exagero da sua parte?
Nada! Uma pesquisa recente mostra que 75% dos jovens de 10 países diferentes acham que o futuro é assustador. E eles têm razão. Por minha causa, muita gente está hesitante em ter filhos. Trago a insegurança e o medo pra geral. Aliás, não sei como você consegue estar tão tranquilinha aí, como se o mundo não estivesse acabando. Bem que eu senti um tom negacionista na sua voz.

“A humanidade está condenada”

Calma, não é negacionismo. Ter consciência climática é importante, lógico. Mas você não acha que a sua preocupação está indo um pouco longe demais?
Sêloko… eu, longe demais? E a humanidade? Você já viu as notícias de hoje? O que estão fazendo com nossas florestas? Nossos rios? Os animais? O ar que a gente respira? Nossa, me deu até uma falta de ar aqui.

+ Leia também: Fobia Social: “Vai ser difícil sair por aí vivendo como antigamente?”
+ Leia também: Tristeza: “Fui largada ao ostracismo. Agora tudo é depressão”

Opa, cuidado. Pode ser covid.
E de onde você acha que veio esse vírus? É mais uma consequência da destruição desenfreada do planeta que só está nos levando ao Apocalipse. Não sei se chegaremos a envelhecer aqui na Terra. Fomos traídos e abandonados pelas gerações que estão no poder. A humanidade está condenada.  

Na sua opinião, então, o que podemos fazer para salvar o mundo?
Um monte de coisas, mas não sei se ainda dá tempo. Não depende dos indivíduos, você sabe, né?  Na verdade, depende dos governos, empresas, do sistema. Mas fomos abandonados. Muito além de reciclar nosso lixo ou deixar de comer carne, temos que cobrar atitudes maiores. Se eu soubesse exatamente o que fazer, se eu tivesse esse controle, essa resposta, não me chamaria ansiedade, concorda? É justamente a impotência, a raiva e a decepção com essa falta de ação que constituem minha essência. Olha só, minhas mãos já estão suando de novo.

Veja também